BRANCO DOS POÇOS COLHEITA 2018

Cor Amarelo citrino muito leve. Aroma muito fresco e mineral, notas citrinas e florais muito típicas dos vinhos brancos de altitude do Douro. Sabor fresco com frutado vivo. Final de boca médio. Excelente como aperitivo, com peixes grelhados, mariscos, pastas e pizzas.


QUINTA DOS POÇOS COLHEITA 2017

Cor rubi. Aroma a frutos vermelhos maduros, com alguma complexidade. Sabor rico em frutas, com alguma profundidade e uma boa estrutura de taninos. Final de boca longo. Ideal para acompanhar pratos de carne e pastas. Servir à temperatura de 16-18°C. Idealmente abrir uma hora antes de servir.


QUINTA DOS POÇOS MG XXI 2016

Cor profunda, com laivos violeta. Aroma complexo e intenso, onde se destacam os frutos pretos maduros em conjunto com aromas balsâmicos e notas de especiarias, provenientes do seu estágio em barrica. Na boca, é firme e concentrado, com acidez equilibrada, possui taninos maduros bem envolvidos no seu corpo e volume. Final de boca longo e persistente. Combina na perfeição com boas carnes, caça e queijos de carácter e intensos. Abrir 1 hora antes de servir. Servir à temperatura de 17°C.


QUINTA DOS POÇOS GRANDE RESERVA 2015

Cor rubi profunda. Aroma a frutos vermelhos bem maduros. Revela notas de especiarias bem como aromas balsâmicos. Apresenta uma madeira de excelente qualidade muito bem integrada. Final de boca extremamente longo. Combina na perfeição com boas carnes, caça e queijos de carácter e intensos. Abrir com 1 hora de antecedência e servir à temperatura de 17°C.


QUINTA DOS POÇOS RESERVA 2016

Cor rubi intensa. Aroma fino, com sugestões a fruta madura, envolvida em subtis notas de café e ligeiro tostado. Os taninos estão cheios de vigor, garantindo estrutura e prometendo longevidade em garrafa. Final de boca longo e fresco. Ideal com pratos de carne estufada, caça ou com queijos curados. Servir à temperatura de 16-18°C. Idealmente abrir uma hora antes de servir.


QUINTA DOS POÇOS AZEITE VIRGEM EXTRA

Azeite com um maravilhoso aroma a azeitonas frescas, tomate e casca de maçã, um pouco de pimenta, com um fim de boca elegantemente persistente e macio.


QUINTA DOS POÇOS MEL DE FLORES

De origem silvestre e obtido através de métodos de produção e extracção artesanais, o mel Quinta dos Poços tem um tom dourado e o seu paladar é suave.


Concurso Vinhos de Portugal 2019
2019 Maio 10

O Quinta dos Poços Grande Reserva 2015 participou no Concurso Vinhos de Portugal, que teve lugar em Santarém, entre 6 e 8 de Maio de 2019, no qual estiveram avaliação cerca de 1400 vinhos, obtendo uma Medalha de Prata.


Concours Mondial de Bruxelles 2019
2019 Maio 05

Na 26.ª edição do Concours Mondial de Bruxelles, que decorreu em Aigle, Suíça, entre 2 e 5 de Maio de 2019, o Quinta dos Poços Grande Reserva 2015 obteve uma Medalha de Ouro


Tasted 100% Blind
2019 Março 15

A publicação Tasted 100% Blind realizou em França uma prova cega de vinhos portugueses com a intervenção de um dos melhores sommeliers do mundo, Andreas Larsson (Suécia).

Participaram cerca de duas centenas de vinhos.

O Quinta dos Poços MG XXI 2016 e o Quinta dos Poços Grande Reserva 2015 obtiveram, respectivamente, as classificações de 91/100 e 88/100.


Quinta dos Poços MG XXI 2014
2017 Setembro 01

**** 17,5 (Vinho excelente, de grande afinação)

Provado em 2017. Muito bem na cor, de novo nesta colheita, concentrado, rico e com muito carácter de fruta, vermelha e negra, aqui num bom diálogo com a barrica. Na boca, a par da concentração e da textura densa não deixa de se sentir um vinho acetinado e a permitir boa prova agora. Estamos aqui a falar de um tinto de alto gabarito, muito bem desenhado.

— João Paulo Martins in Vinhos de Portugal 2018


Quinta dos Poços Grande Reserva 2014
2017 Setembro 01

**** 17 (Muito bom, de personalidade vincada)

Provado em 2017. Feito em lagar com pisa a pé e 18 meses em barrica. Concentrado na cor mas sem exageros, denso no aroma, aqui a mostrar fruta madura e barrica muito bem integrada. Na boca mostra uma boa estrutura, com taninos muitos finos mas bem presentes, um corpo que, sendo volumoso, não magoa. Pode deixar-se tentar agora mas guarde o resto em cave.
Boas colheitas anteriores: 2011 Grande Reserva.

— João Paulo Martins in Vinhos de Portugal 2018



© 2015-2019 Sociedade Agrícola José Mesquita Guimarães, Lda.